história

Heráldica

Imagem da Junta de Freguesia da Marinha Grande
Resumo histórico

A Freguesia da Marinha Grande é sede do concelho homónimo, no distrito de Leiria e o seu orago é Nª Srª do Rosário.

O povoamento do território da Marinha Grande terá sido iniciado por colonos povoadores recrutados por D. Dinis que os encarregou da vigilância do Pinhal de Leiria. Para alguns autores, a freguesia terá sido fundada por alguns colonizadores que se instalaram no local para extrair o sal das marinhas que eram formadas por água do mar trazidas pelas marés altas através dos riachos afluentes do rio Lis.

A área da marinha Grande, após conquistada aos mouros em 1142, foi inicialmente administrada pelos padres Crúzios do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, a quem D. Afonso Henriques, para remissão dos seus pecados, doara em testamento todos os terrenos que compunham as terras que hoje pertencem aos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Porto de Mós e grande parte de Alcobaça, Ourém e Pombal. Essa jurisdição dos Crúzios exerceu-se até 1309 e, por ordem de D. Dinis, passou para o poder da Casa Real.

Por esta altura, eram actividades ligadas ao Pinhal do Rei e alguma produção agrícola que ocupavam a maior parte da população activa. No entanto, em 1748, esta área ganha uma nova dinâmica com a mudança da fábrica de vidros de John Beare, de Coina para a Marinha Grande, motivada pela abundância de matéria prima necessária e abundante. Mais tarde, em 1769, dava-se a fundação da que se designou “Real Fábrica de Vidros”, liderada inicialmente pelo Inglês Guilherme Stephen que a dotou com os mais aperfeiçoados maquinismos da época.

A Marinha Grande foi elevada à categoria de concelho em 1836, sendo logo extinto em 1838. Mais tarde, em 1892 foi-lhe dada a categoria de vila, sendo o concelho restabelecido em 1917.

Actividades:

Indústria do vidro, moldes e transformação de madeiras, sendo o turismo uma actividade em crescendo beneficiando das boas condições climatéricas e praias magníficas.


Parque Municipal

Pinhal do Rei

Produção de Vidro

São Pedro de Moel
Desenvolvido por © RealEstudo